Blog

O que é e como funciona o capital de giro?

O que é e como funciona o capital de giro?

Compartilhe:

O controle eficiente de capital de giro é muito importante para que a saúde financeira de uma empresa tenha um bom andamento. Contudo, você sabe o que é o capital de giro? Entender esse conceito é primordial para que se tenha domínio das operações financeiras da empresa.

 

O que é o capital de giro?

O capital de giro é o capital usado para custear as transações financeiras da empresa. Essas transações incluem custos relativos ao estoque ou para despesas operacionais, financiar recursos aos clientes, fornecedores, pagamento de impostos, salários e demais custos.

Em suma, é o capital utilizado de forma abrangente para sustentar tudo que movimenta as contas da empresa.

 

Como funciona o capital de giro?

Se as finanças não vão bem, encontra-se dificuldade para fazer investimentos e, consequentemente, podem ocorrer endividamentos indesejados.

Se a empresa faz vendas a prazo, ela deve possuir capital de giro para financiar os clientes. A mesma coisa ocorre se ela possui um estoque de matéria-prima ou mercadorias. Essas e outras situações permitem determinar em quais contas o negócio deve aplicar recursos e de quais contas ele obtém recursos para bancar o capital de giro.

Mesmo com uma quantidade significativa de capital de giro, uma empresa pode enfrentar uma falta de dinheiro no caixa. Por exemplo, se uma empresa possui a maior parte de seus ativos atuais sob a forma de estoque, ele precisa ser vendido. Da mesma forma, se uma empresa possui uma grande quantidade que não está sendo cobrada, o valor do capital de giro não é valioso, pois não se consegue quitar despesas.

Por isso, é preciso monitorar o dinheiro em caixa diariamente para manter o fluxo com a saúde em dia.

 

Como calcular o capital de giro?

O capital de giro é influenciado por todos os seguintes recursos: prazos médios de estocagem, volume e custo das vendas, compras e pagamento de compras. Dessa forma, é preciso um monitoramento diário e constante para que a empresa não seja pega de surpresa.

A fórmula para o cálculo do capital de giro é: CGL = AC – PC. Em que “AC ” refere-se a ativo circulante (aplicações financeiras, contas a receber, etc) e PC ao passivo circulante (contas a pagar, etc).

Para monitorar o capital de giro de perto, pode-se utilizar um software de gestão. O UniPlus é um sistema integrado de gestão empresarial versátil, desenvolvido para se adequar a diversos segmentos. Com o recurso de controle financeiro, é possível gerenciar o caixa, bancos e descontos de títulos, contas a pagar e contas a receber. O sistema de gestão empresarial UniPlus, disponibiliza ainda com esta função, relatórios de fluxo de caixa, previsões de pagamentos e recebimentos, resultado operacional e balancete gerencial.

O controle do capital de giro é essencial para o bem estar da empresa e deve ser avaliado todos os dias, pois precisa ser observado no momento atual em que se encontra o negócio.

 

Gostou da dica? Até a próxima!

Deixe seu comentário

Assine nossos materiais

Cadastrado com sucesso!